Vinhos 1

 

Paulo Machado
Vitivinicultor dos Açores

 

 

Vinhos 2

O projeto Insula Vinus

Este projeto rege-se pela simplicidade de fazer bem, respeitando as práticas vitícolas ancestrais transmitidas de geração em geração, com pequenas adaptações ao conhecimento atual.

São privilegiadas as castas brancas autóctones e potenciadas as suas múltiplas facetas e comportamentos vitícolas e enológicos, conjugando vinhas de diferentes idades e instaladas em diferentes localizações na ilha.

Nos Açores a imprevisibilidade e rusticidade do clima não é contornável, pelo que todos os anos são diferentes, razão pela qual neste projeto os “vinhos têm que ser o que cada ano dá”.

Os atributos destes vinhos refletem a sua origem, onde castas únicas no mundo crescem num “substrato” rochoso nas proximidades do Atlântico, numa “recém-formada” ilha vulcânica com uma viticultura única e exigente.

Vinhos 3

Vitivinicultor dos Açores

O percurso de Paulo Machado

Nasci e sempre vivi na ilha do Pico, ilha onde é tradição crescer-se em estreita ligação com a cultura da vinha e do vinho.

As vivências familiares e o fascínio pela vitivinicultura levaram-me a querer aprofundar conhecimentos, por isso cursei Engenharia Agrícola na Universidade dos Açores e mais tarde uma Pós-Graduação em Enologia na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica, no Porto.

Profissionalmente passei pela docência no ensino regular e profissional como formador de Viticultura e Enologia. Desempenhei ainda funções técnicas no Serviço de Desenvolvimento Agrário e, de forma mais duradoura, na Comissão Vitivinícola Regional dos Açores, entidade que também presidi entre 2010 e 2016, contribuindo decisivamente para a revitalização do setor vitivinícola dos Açores.  

Paralelamente fui desenvolvendo um projeto familiar relacionado com a minha grande paixão - a viticultura e a produção de vinhos, que levou ao surgimento da Insula Vinus em 2006.

Este projeto cresceu com vinhas próprias e um pequeno espaço de vinificação, tendo procurado desde cedo fazer bem e diferente e complementar conhecimentos noutras áreas. Nesta fase aprofundei uma relação de amizade com Filipe Rocha e António Maçanita, com quem em 2013 tive a oportunidade de trabalhar em parceria na vinificação da casta local Arinto dos Açores.

Desta parceria resultou um nova formação empresarial, em 2014, a Azores Wine Company, que passou a adquirir as uvas da Insula Vinus, empresa que passou a dedicar-se à viticultura.

Passados alguns anos de dedicação à recuperação e manutenção de dezenas de hectares de vinhas em currais na Azores Wine Company, era tempo de voltar ao projeto de produção de vinhos da Insula, numa interpretação pessoal de alguém que conhece bem as castas autóctones e o seu comportamento nas condições peculiares da ilha do Pico e que acredita nas potencialidades enológicas dessas uvas especiais.

Vinhos 4

Produto Tipo Ano Nº Garrafas Formato Preço
Insula Chão de lava aa Branco 2020 6600 750ml 14,48€
Insula Chão de lava aa Rosé - 3000 750ml 9,37€
Insula Arinto dos Açores Branco 2018 2345 750ml 17,89€
Insula Verdelho Branco 2018 4203 750ml 19,59€
Produto Tipo Ano Nº Garrafas Formato Preço
Insula Chão de lava aa Branco 2020 6600 750ml 14,48€
Insula Chão de lava aa Rosé - 3000 750ml 9,37€
Insula Arinto dos Açores Branco 2018 2345 750ml 17,89€
Insula Verdelho Branco 2018 4203 750ml 19,59€

Vinhos 1

 

Paulo Machado
Vitivinicultor dos Açores

 

 

Vinhos 2

O projeto Insula Vinus

Este projeto rege-se pela simplicidade de fazer bem, respeitando as práticas vitícolas ancestrais transmitidas de geração em geração, com pequenas adaptações ao conhecimento atual.

São privilegiadas as castas brancas autóctones e potenciadas as suas múltiplas facetas e comportamentos vitícolas e enológicos, conjugando vinhas de diferentes idades e instaladas em diferentes localizações na ilha.

Nos Açores a imprevisibilidade e rusticidade do clima não é contornável, pelo que todos os anos são diferentes, razão pela qual neste projeto os “vinhos têm que ser o que cada ano dá”.

Os atributos destes vinhos refletem a sua origem, onde castas únicas no mundo crescem num “substrato” rochoso nas proximidades do Atlântico, numa “recém-formada” ilha vulcânica com uma viticultura única e exigente.

Vinhos 3

Vitivinicultor dos Açores

O percurso de Paulo Machado

Nasci e sempre vivi na ilha do Pico, ilha onde é tradição crescer-se em estreita ligação com a cultura da vinha e do vinho.

As vivências familiares e o fascínio pela vitivinicultura levaram-me a querer aprofundar conhecimentos, por isso cursei Engenharia Agrícola na Universidade dos Açores e mais tarde uma Pós-Graduação em Enologia na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica, no Porto.

Profissionalmente passei pela docência no ensino regular e profissional como formador de Viticultura e Enologia. Desempenhei ainda funções técnicas no Serviço de Desenvolvimento Agrário e, de forma mais duradoura, na Comissão Vitivinícola Regional dos Açores, entidade que também presidi entre 2010 e 2016, contribuindo decisivamente para a revitalização do setor vitivinícola dos Açores.  

Paralelamente fui desenvolvendo um projeto familiar relacionado com a minha grande paixão - a viticultura e a produção de vinhos, que levou ao surgimento da Insula Vinus em 2006.

Este projeto cresceu com vinhas próprias e um pequeno espaço de vinificação, tendo procurado desde cedo fazer bem e diferente e complementar conhecimentos noutras áreas. Nesta fase aprofundei uma relação de amizade com Filipe Rocha e António Maçanita, com quem em 2013 tive a oportunidade de trabalhar em parceria na vinificação da casta local Arinto dos Açores.

Desta parceria resultou um nova formação empresarial, em 2014, a Azores Wine Company, que passou a adquirir as uvas da Insula Vinus, empresa que passou a dedicar-se à viticultura.

Passados alguns anos de dedicação à recuperação e manutenção de dezenas de hectares de vinhas em currais na Azores Wine Company, era tempo de voltar ao projeto de produção de vinhos da Insula, numa interpretação pessoal de alguém que conhece bem as castas autóctones e o seu comportamento nas condições peculiares da ilha do Pico e que acredita nas potencialidades enológicas dessas uvas especiais.

Vinhos 4

Produto Tipo Ano Nº Garrafas Formato Preço
Insula Chão de lava aa Branco 2020 6600 750ml 14,48€
Insula Chão de lava aa Rosé - 3000 750ml 9,37€
Insula Arinto dos Açores Branco 2018 2345 750ml 17,89€
Insula Verdelho Branco 2018 4203 750ml 19,59€
Produto Tipo Ano Nº Garrafas Formato Preço
Insula Chão de lava aa Branco 2020 6600 750ml 14,48€
Insula Chão de lava aa Rosé - 3000 750ml 9,37€
Insula Arinto dos Açores Branco 2018 2345 750ml 17,89€
Insula Verdelho Branco 2018 4203 750ml 19,59€

Vinhos 1

 

Paulo Machado
Vitivinicultor dos Açores

 

 

Vinhos 2

O projeto Insula Vinus

Este projeto rege-se pela simplicidade de fazer bem, respeitando as práticas vitícolas ancestrais transmitidas de geração em geração, com pequenas adaptações ao conhecimento atual.

São privilegiadas as castas brancas autóctones e potenciadas as suas múltiplas facetas e comportamentos vitícolas e enológicos, conjugando vinhas de diferentes idades e instaladas em diferentes localizações na ilha.

Nos Açores a imprevisibilidade e rusticidade do clima não é contornável, pelo que todos os anos são diferentes, razão pela qual neste projeto os “vinhos têm que ser o que cada ano dá”.

Os atributos destes vinhos refletem a sua origem, onde castas únicas no mundo crescem num “substrato” rochoso nas proximidades do Atlântico, numa “recém-formada” ilha vulcânica com uma viticultura única e exigente.

Vinhos 3

Vitivinicultor dos Açores

O percurso de Paulo Machado

Nasci e sempre vivi na ilha do Pico, ilha onde é tradição crescer-se em estreita ligação com a cultura da vinha e do vinho.

As vivências familiares e o fascínio pela vitivinicultura levaram-me a querer aprofundar conhecimentos, por isso cursei Engenharia Agrícola na Universidade dos Açores e mais tarde uma Pós-Graduação em Enologia na Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica, no Porto.

Profissionalmente passei pela docência no ensino regular e profissional como formador de Viticultura e Enologia. Desempenhei ainda funções técnicas no Serviço de Desenvolvimento Agrário e, de forma mais duradoura, na Comissão Vitivinícola Regional dos Açores, entidade que também presidi entre 2010 e 2016, contribuindo decisivamente para a revitalização do setor vitivinícola dos Açores.  

Paralelamente fui desenvolvendo um projeto familiar relacionado com a minha grande paixão - a viticultura e a produção de vinhos, que levou ao surgimento da Insula Vinus em 2006.

Este projeto cresceu com vinhas próprias e um pequeno espaço de vinificação, tendo procurado desde cedo fazer bem e diferente e complementar conhecimentos noutras áreas. Nesta fase aprofundei uma relação de amizade com Filipe Rocha e António Maçanita, com quem em 2013 tive a oportunidade de trabalhar em parceria na vinificação da casta local Arinto dos Açores.

Desta parceria resultou um nova formação empresarial, em 2014, a Azores Wine Company, que passou a adquirir as uvas da Insula Vinus, empresa que passou a dedicar-se à viticultura.

Passados alguns anos de dedicação à recuperação e manutenção de dezenas de hectares de vinhas em currais na Azores Wine Company, era tempo de voltar ao projeto de produção de vinhos da Insula, numa interpretação pessoal de alguém que conhece bem as castas autóctones e o seu comportamento nas condições peculiares da ilha do Pico e que acredita nas potencialidades enológicas dessas uvas especiais.

Vinhos 4

Produto Tipo Ano Nº Garrafas Formato Preço
Insula Chão de lava aa Branco 2020 6600 750ml 14,48€
Insula Chão de lava aa Rosé - 3000 750ml 9,37€
Insula Arinto dos Açores Branco 2018 2345 750ml 17,89€
Insula Verdelho Branco 2018 4203 750ml 19,59€
Produto Tipo Ano Nº Garrafas Formato Preço
Insula Chão de lava aa Branco 2020 6600 750ml 14,48€
Insula Chão de lava aa Rosé - 3000 750ml 9,37€
Insula Arinto dos Açores Branco 2018 2345 750ml 17,89€
Insula Verdelho Branco 2018 4203 750ml 19,59€